TRE determina diplomação e posse de quatro vereadores investigados na Chequinho



     Um mandado de segurança, aprovado por unanimidade, pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RJ) nesta segunda-feira (05/06) concede a diplomação e posse dos vereadores Miguelito (PSL), Ozéias Martins (PSDB), Thiago Virgílio (PTC) e Linda Mara (PTC). Eleitos no pleito de 2016, os vereados juntamente com Kellinho (PR) e Jorge Rangel (PTB) não foram diplomas por serem investigados na “Operação Chequinho”.
A apreciação do TER/RJ acompanha decisão dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que na noite do dia 16 do mês passado concederam recurso em habeas corpus aos vereadores eleitos e não diplomados. 

A defesa estuda pedir a extensão dos efeitos da decisão para de Kellinho e Jorge Rangel. o impedimento da diplomação dos seis vereadores ocorreu em dezembro do ano passado por determinação da Justiça Eleitoral de Campos. 
O Site Ururau ainda aguarda detalhes da decisão do TRE/RJ que favorece aos quatros vereadores, inclusive quanto à data da diplomação.
Reportagem: Ascom
Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.