Comandante Geral da PM promete aumentar efetivo no Delta 22 e Prefeita Francimara oferece parceria para construção de base


               Em visita a cidade de São Francisco de Itabapoana para participar da reunião com o Conselho Comunitário de Segurança Pública e de dezenas de autoridades municipais e estaduais, o comandante-geral da Polícia Militar do Rio de Janeiro, coronel Wolney Dias Ferreira prometeu atender o pedido da população e aumentar o efetivo o Posto da PM Delta 22, de Travessão de Barra. “Nossa presença aqui é a demonstração clara da nossa preocupação com os municípios, pois sabemos dos problemas que existem, mas a segurança pública deve ser também responsabilidade de todos, porque reflete em todo o Estado. Aquilo que for possível ser feito faremos, na medida do possível. Temos uma série de dificuldades, mas nosso esforço irá compensar”,articulou o coronel. Além da manifestação do público presente na reunião que foi ocorrida nesta quarta-feira (31), a Prefeita Francimara Azeredo da Silva Barbosa Lemos se comprometeu também em formar uma parceria. “Precisamos de policiamento. Se depender do Poder Público para construir uma base da PM na divisa com o Espirito Santo, a gente faz. Se precisarem de mim, esse compromisso eu faço, porque eu sei que será o melhor para São Francisco”, afirmou a Prefeita.

http://galeriablogitabapoana14.blogspot.com.br/2017/06/comandante-geral-da-pm-promete-aumentar.html

         O comandante-geral da PM, destaca o resultado da parceria. “Esse esforço conjunto através das colaborações público e privadas faz com que superemos as dificuldades”, disse Wolney que também deu orientação aos participantes. “Nosso canal de comunicação direto estão nos Conselhos Comunitários de Segurança (CCS). Prestigiem os membros do Conselho. Um dos motivos que nos trouxe aqui é fortalecê-lo”, afirma. Durante a reunião, ainda, foram sugeridos uma barreira fiscal, câmeras para serem instaladas em poste na divisa com o outro estado, solicitados mais atenção às localidades mais afastadas da cidade, feitos elogios da atuação em parceria entre a Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar durante o verão que ajudou a reduzir os índices de criminalidade. Para apoiar as ações da PM, a Procuradora Geral do Município, Eliza Pompermayer, sugeriu também a instalação no site institucional uma página com a divulgação do Disk Denúncia e de pessoas desaparecidas. Na oportunidade, o comandante do 6º Comando de Policiamento de Área (CPA), Lúcio Flávio Baracho, apresentou em slides dados contendo indicadores de criminalidade nas cidades de São Francisco, Campos, São Fidelis e São João da Barra, na qual aponta uma redução nos índices. “Mesmo com as dificuldades, os níveis baixaram e são aceitáveis. De Janeiro a maio deste ano, por exemplo, temos registros de dois homicídios.
            No mesmo período do ano passado foram sete”, destaca. Em meio às reivindicações e propostas apresentadas, o Comandante do 8º BPM de Campos dos Goytacazes, o Tenente- Coronel Fabiano Santos de Souza, fazendo o uso da palavra, propôs agir com racionalidade. “Construir um destacamento da PM é algo que deve ser pensado, porque teremos que enxugar em algum lugar para deslocar efetivos. Isso é um eixo temático para se estudar. À princípio eu preciso que vocês façam registros, para se ter uma mancha criminal que é o mapeamentodos dos locais com incidência criminal”, comentou o tenente.
         Quando questionado sobre a vinda dos policiais alocados no Rio, o coronel ainda disse que toda vez que for necessário a presença de maior efetivo em algum lugar, será feito, mais de forma provisória. De acordo com Wolney, será feito uma redução de escala para cobrir a população. “Vai depender do quadro atual”, falou. Entre as autoridades, estiveram presentes a coordenadora do Instituto de Segurança Pública, Major Cláudia Moraes e a delegada da Polícia Civil, Ivana Morgado. Para o secretário geral do Conselho Comunitário de Segurança, Romário Teixeira Bernardo, o evento foi positivo. “A participação do comandante em São Francisco foi para atender os anseios da nossa cidade. Agora vamos resolver o problema da divisa e do posto de Travessão de Barra. Nós estreitamos laços e o Conselho ficou mais forte. Com certeza vamos obter sucesso ”, afirmou. Jarbas Cruz, proprietário de comércio local há 30 anos, disse que a iniciativa irá ajudar. “Quando tudo isso for efetivado será muito importante para nós porque a criminalidade piorou bastante. Vai ser bom para todo mundo, porque a nossa localidade é uma das portas de entrada da divisa com outra cidade”, comentou Jarbas.http://galeriablogitabapoana14.blogspot.com.br/2017/06/comandante-geral-da-pm-promete-aumentar.html
Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.