Câmara de SFI debate LDO para 2018 em Audiência Pública


A Câmara Municipal de São Francisco de Itabapoana (SFI) realizou audiência pública nesta terça-feira (24) para debater a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício 2018.

   Apenas representantes de três entidades se inscreveram dentro do prazo para fazer o uso da palavra, mas o presidente do Legislativo, vereador José Pinto de Souza Filho, permitiu que novas inscrições fossem feitas na hora, abrindo espaço para mais três participantes, atendendo pedido do vereador Alexandre Barrão. A prefeita de SFI, Francimara Azeredo da Silva Barbosa Lemos, que está na cidade do Rio de Janeiro para tratamento médico, foi representada por um grupo de secretários municipais.

         O secretário municipal de Controle Interno, Fabiano Pessanha Rangel, fez o uso da palavra em nome da prefeitura e destacou a participação da sociedade para debater a LDO. “A prefeita Francimara solicitou que todos os secretários estivessem presentes, a fim de anotar as sugestões de emendas e, dentro da medida do possível, atender as reivindicações”, ressaltou.
         O primeiro a fazer o uso da palavra foi o representante do Núcleo de Educação Ambiental da Bacia de Campos (NEA-BC), Edson Conceição, que é bolsista do projeto. Entre os pontos sugeridos, aplicação de recursos em mobilidade urbana, saneamento básico, política de juventude, orçamento participativo e publicidade de informações oficiais.
Já o presidente da Associação dos Moradores e Agricultores de Carrapato (Amproac), Alaildo Gomes Barreto, solicitou o asfaltamento da Estrada de Nova Belém (antiga Carrapato), maquinário da Agricultura para atender aos moradores da localidade, implantação do Mercado Municipal de SFI e melhorias no Posto de Saúde, entre outras.
Ao fazer o uso da palavra, o presidente da ONG Beija Flor, Luiz César Cerqueira, pediu a destinação de verba no orçamento para programas e projetos destinados à prevenção contra as drogas. Rita de Cássia Domingos Ferreira, membro do Conselho Municipal da Saúde, reivindicou autonomia financeira para as ações do conselho.
O presidente da Associação dos Moradores da Praia de Santa Clara, Jorge Lúcio Ferreira, o Jorge Ponto de Prosa, pleiteou uma quadra poliesportiva, área de lazer e marquise com banheiros. “Santa Clara é a praia mais frequentada de SFI e não tem uma opção de lazer público para os moradores e turistas”, ressaltou. Jorge aproveitou sua fala para elogiar a Clínica da Saúde. “Gostaria de não apenas reivindicar, mas também destacar o atendimento que recentemente tive na Clínica da Saúde”, disse o presidente.
A última a falar, a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de SFI, Jailce Barreto Santana, requereu o Plano de Cargos, Carreiras e Salários da categoria, além de recomposição salarial e do cartão alimentação, entre outros pedidos.

Ascom SFI

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU