Duas mulheres mortas em menos de 24h, em Campos


  Ururau / Arquivo Pessoal
Companheiro é o principal suspeito do crime
Em menos de 24h, duas mulheres foram assassinadas em Campos. O caso mais recente foi na noite desta quinta-feira (09/03), na localidade de Vila Nova, quando a vítima Mônica Gomes Rangel, de 29 anos, foi morta a tiros. Segundo informações, o principal suspeito do crime seria o ex-companheiro da vítima.
Segundo informações da Polícia Militar, a mulher que trabalhava em uma escola da localidade e era formada em Técnica de Segurança do Trabalho, chegava á casa na Rua do Alto quando encontrou o ex-marido na rua.
Eles iniciaram uma discussão e a Mônica foi atingida por dois tiros. A filha da vítima, que estava na varanda da casa viu quando a mãe caiu e começou a gritar.
O corpo de Mônica foi removido pelo rabecão do Corpo de Bombeiros Militar e levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Campos. O crime foi registrado na 134ª Delegacia Legal do Centro. O homem, suspeito do crime não foi localizado.
    Já o primeiro caso vitimou Aline da Silva das Dores, morta na tarde do mesmo dia, no bairro Parque Prazeres, em Guarus. . O corpo de uma mulher identificada como Aline da Silva das Dores, de 29 anos, foi encontrado por volta das 13h, em uma área de vegetação, no Parque Santa Clara, em Campos. De acordo com informações, o corpo que apresentava marcas de tiros e facadas, foi encontrado por populares. A vítima trajava bermuda da cor vinho e blusa vermelha. O corpo estava em uma estrada atrás de um condomínio do bairro. A Polícia Militar foi acionada, mas ainda não há informações sobre os autores e motivação para o crime. A vítima, que morava no Conjunto Habitacional Popular do Parque Prazeres, deixou três filhos. O corpo de Aline foi removido para o Posto Regional de Polícia Técnica Científica (PRPTC) para exame de necropsia e liberação para sepultamento. A investigação é realizada pela 146ª Delegacia Legal de Guarus.  

 Fonte;Ururau
Print Friendly, PDF & Email

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU